Equipa PdO

Jorge Rosado

Doutor Risotto

O Doutor Risotto é um conceituado Palermologista. É um otimista estupidamente feliz. Alegre, sonhador e um palerma assumido e detentor de conhecimentos extraordinários de coisas sem relevância alguma. Nascido em Moçambique e apaixonado por chocolate. Tem uma voz e sentido rítmico que deveria ser estudados pela Associação Nacional dos Maus Cantantes (ANMC).

Susana Gonçalves

Doutora Donizete Chiclete

Com apenas meio metro de altura enche qualquer sala de alegria tanto com a sua voz de rouxinol, como com as suas rabugices. É muito dona da sua razão e ai de quem teime com ela, mas se por acaso a vir num lugar perto de si, não se esqueça de lhe dar um bom dia repleto de alegria. Atenção! Atenção! Detentora de um sorriso mágico derrete qualquer coração, sobretudo nas suas serenatas de ukulelaria. É (muito) rabugenta mas (quase) sempre doce como uma chiclete.

Beatriz Melo

Doutora Bem-Haja

A Doutora Bem Haja é apaixonada por pizza e sonha um dia poder comer pizza em todas as refeições. É impaciente e desconfiada e muito dificilmente deixa que a enganem. Está sempre cheia de ideias umas geniais outras que de geniais têm muito pouco. É formada em estupidez humana e adora ouvir histórias estupidificantes. O seu passatempo favorito é retribuir todas as coisas boas que lhe dão de forma multiplicada e sempre com um bem-haja na ponta da língua.

Estrela Cabral

Doutora Bem-Mequer

A Doutora Bem-Mequer é descendente de uma rainha francesa très chic! É muito vaidosa! Tem um lado Parisiense muito vincado, bem como o seu grau exageradamente exagerado dar uns passitos de dança enquanto caminha. Gosta de ensinar coisas novas aos outros, e é viciada em corrigir os erros gramaticais e ortográficos. Contudo, a maneira de ela ensinar as coisas aos outros é tão trapalhona como a maneira de ela entrar com o pé direito em algum sítio porque na maioria das vezes, ela não sabe distinguir o lado direito do lado esquerdo, e quando se perde nos sítios fica completamente descompensada.

Marta Garcia Cruz

Doutora Limonete

Limonete Lavanda da Perpétua Roxa, mais conhecida por Doutora Limonete, nasceu num salão de chá em Vila Nova de Cidreira. O seu fiel companheiro é um yorkcháire, o Cãomomila – apelidou-o em homenagem às “Camomila e uma Noites”, o seu livro preferido. É formada em C.H.A. – Curso Hospitalar da Alfazema – variante Efeitos Calmantes. Esta Erva-Doce promete oferecer o quentinho e o aconchego de uma chávena de chá num dia frio a quem tiver a sorte de cruzar o seu caminho – mas tenham cuidado com as faltas de chá, que esta Doutora ferve em pouca água. Se pensam que vão ficar indiferentes a esta especialista do conforto, podem tirar a Cavalinha da chuva.

Alba Lorente Carbayo

Doutora Lola Girassola

Exótica como uma tortilla de patatas, a Doutora Lola Girassola encanta todos com o seu doce sotaque. Esperta na área das parvoíces, graduou-se em Disparates só por curiosidade. É alegre e distraída, mas nunca esquece um sorriso. Eclética como um cozido à portuguesa, imita o Elvis em frente ao espelho, mas, para ela, o verdadeiro segredo da felicidade é dançar La Macarena. O seu passatempo favorito é observar as nuvens a passar e acredita na siesta como desporto regional. A Doutora Lola Girassola recomenda mexer sempre as bochechas em sentido vertical.

Anabela Ribeiro

Doutora Béchamel

A Doutora Béchamel é Bé é Chá é Mel é Tudo Junto! Minhota e canhota, adora aquela pinga de vinho verde tinto, quando visita a sua terra natal, Migarães. Insiste em dançar o Vira a cada esquina, embora não saiba bem para que lado há-de virar. O seu lema principal é “depois da tempestade vem o copo d’água”. Traz sempre consigo coraçõezinhos nas mãos, e adora fazer cócegas nos seus pés. O seu perfume favorito é Chamel nº5, e a sua cor de eleição é cor-de-burro-quando-foge. Faz coleção de pacotes de açúcar, esperando um dia poder construir um iglu, para aí viver em paz e sossego com o seu carreiro de formigas de estimação.

Luís Menezes

Doutor Zé D’Alguém

O Doutor Zé D’Alguém nasceu nos exuberantes Açores. Este artista peculiar sempre teve uma relação complicada com as direções - o seu pai, um grande explorador, foi comprar tabaco e nunca mais voltou. Deixou-lhe a sua herança: a total falta de senso de direção. Sempre com um mapa no bolso (que às vezes confunde com um guardanapo), o Zé D’Alguém continua a pintar o mundo com as suas cores únicas. Apesar de ser ranzinza quando está com os pés frios e o seu medo mortal de aranhas, nada o deixa mais feliz do que um punhado de gomas coloridas. Se o encontrarem perdido por aí, ofereçam-lhe um mapa e algumas gomas – ele vai agradecer, mesmo que não saiba para onde está a ir.

Mariana Quiaios

Doutora Balelas

Nascida numa sexta-feira treze em Coimbra, a Doutora Balelas é praticamente doutorada em trapalhices. Mas, falando verdade, ela consegue tornar as maiores trapalhadas em momentos de pura diversão e esplendor, sempre com o toque da sua graça. Apesar de ser naturalmente desnorteada, quando canta os seus males espanta. Balelas gosta muito muito de cantar e encantar. Tem uma memória infalível e reconhece sempre um rosto amigo. Aos seus amigos gosta de lhes pregar umas “balelas”. É tão fácil de a cativar que até assusta! Só não cometa o erro de lhe oferecer um chocolate (ela não gosta nadinha, foi uma maldição da sexta-feira treze). Mas pode esboçar-lhe um sorriso, prometo que ela vai adorar.

Rita Gonçalves

Doutora Chique Esperta

Nascida e criada no coração da grande Lisboa, a Doutora Chique Esperta está em paz no meio do caos e do barulho. Dotada de uma memória RAM acima da média, é por muitos considerada uma nerd encantadora. É capaz de discorrer sobre a reprodução das abelhas, os lençóis de flanela e os macro-nutrientes presentes nos gelados - sobremesa que come em qualquer estação do ano - sem nunca se cansar. O seu coração derrete-se com vozes bonitas em harmonia; pessoas que preferem cães em vez de gatos; e, claro, derrete literalmente se lhe aproximar uma fonte de calor. Um pequeno aviso à navegação: a Doutora Chique tem um sorriso altamente contagioso, correndo o risco de deixar muito bem disposta a pessoa que consigo se cruzar.

A Nossa Missão

PARTILHAR SORRISOS

A Nossa

Galeria